Os lúcidos seguidores

9 de jan de 2011

Monotonia Cerebral


Na monotonia do ser
meu cérebro tende a esquecer
que na vida tudo parece ser
mas na verdade, o ser faz o acontecer
tudo aquilo que o cérebro tende a querer
mas o cérebro acomodado
não acredita mais que pode ser  

4 de jan de 2011

Raso olhar


            O olhar profundo, raso e negro. O olhar que rasga o mundo, com sua dúvida, olhos tenebrosos, pupilas dilatadas e a face completamente paralisada, um rosto de conformação. Nas marcas que fundem a minha face, escorrem o mais puro tédio.

2 de jan de 2011

Obrigações

Acho que uma das piores coisas que existem é a obrigação de fazer alguma coisa, estou de férias, largado, quase sem nada para fazer, muitas latinhas de cerveja e uma de refrigerante na geladeira, restos do ano novo, e agora nessa manhã ensolarada sinto falta de uma das piores coisas do mundo, se não do universo, a obrigação, acredite pior que obrigação de você fazer algo é você não fazer nada, então escrevo esse meu desabafo matinal, para assim cumprir uma obrigação minha, ao qual cumpro a muitos anos que é escrever.

1 de jan de 2011

O breu


A noite me droga, com sua cor fúnebre. Pela janela do quarto olho de canto a imensidão do breu, que me perco num piscar de olhos, perdido na noite.