Os lúcidos seguidores

25 de dez de 2011

O tudo efêmero


Fiquei a esperar seu o tempo
Iria fazer realizar meus desejos
Fiquei a ver se a vida
Será tudo aquilo, que estávamos a pensar
A vida passa, passou rápido demais
Não vamos desperdiçar
O tempo em que a vida há de dar
Pois tudo é tão efêmero
Que quando pensamos, já acabou
Voltamos atrás do que foi perdido
Mas a ocasião nunca volta
Não vamos deixar o tempo passar
Desperdiçar a vida
Que ainda há de passar

Nenhum comentário: