Os lúcidos seguidores

2 de mar de 2012

Ele era um bom homem


Ele era um bom homem, mas se perdeu no meio de falsos homens, se enrolou em verdades sinuosas, e acreditou nas palavras jogadas e inventadas que as persuadiu a um momento falso. Ele era homem, mas se deixou levar por conversas de garoto, ele era amigo, mas traído achou que algo estava errado, nada estava errado, apenas que a vida é assim, com uma mão caricia e com a outra fere a sangue frio.

Um comentário:

Jéssica do Vale disse...

Os bons
perdem-se no caminho,
os maus,
caminham com eles,
sorrindo.

Ainda pode haver
o resgate?