Os lúcidos seguidores

29 de abr de 2012

As metamorfoses




            Ao sair hoje cedo, vi um mundo que me contemplava, e eu, em seguida, o contemplei. No decorrer do tempo, da vida, do dia, vi o mundo se transformar e, com o mundo, nos transformamos juntos.
            Entre a manhã e a tarde, somos um alguém, durante a tarde e a noite, somos outro, e, no decorrer do tempo, seremos vários.

Um comentário:

Jéssica do Vale disse...

Quando há esta interação
do mundo e de si mesmo,
eis a ligação equilibrada
De sentir-se o mundo inteiro.