Os lúcidos seguidores

8 de jul de 2012

A dúvida, o destino e a vida




            Minha cabeça é uma dúvida constante. Constantemente se engana com o destino, e se enganou comigo. O destino constantemente me ensina, que a vida não tem dono. A vida solta corre desnorteada, corre como criança, corre eternamente durante uma vida. Sem rumo e sem sorte. A vida corre no seu vício de querer viver, só temos nós de aceitarmos o destino.

Nenhum comentário: