Os lúcidos seguidores

15 de jul de 2012

Eu gosto de quem não gosta de mim




            Eu gosto de quem não gosta de mim. Talvez não seja o certo. O tempo cura as mágoas, o tempo leva tudo, mas no meu caso, deixou a amizade. A consideração. Os outros talvez não tenham se curado, do velho mal da humanidade. Que os cega. Eles não me dizem nenhuma palavra, e nem eu tenho mais palavras para tentar algo. Só tenho a me lamentar, pois eu gosto de quem não gosta de mim. E assim sou eu.

Nenhum comentário: