Os lúcidos seguidores

21 de ago de 2012

Mundinho



Me perco nas palavras
Na dúvida ingênua ou na pergunta mal construída
Me perco no passo das moças
Na amizade inquebrável que se quebra
Me vejo iludido nas respostas vãs
Das pessoas e mais pessoas desse mundo
Mundo malévolo, maquiavélico, mundinho merda
Me vejo único dentro de mim, isolado talvez
Isolado de toda estupidez, estúpidos
Sou um louco, talvez ordinário
Quando vejo os olhos de outro alguém
Sempre vejo um pouco de mim
Louco e sentimental em um mundo qualquer
Mundo, medíocre, moderno e meia-boca
Mundinho merda


Um comentário:

Jéssica do Vale disse...

Ta aí todo o pensamento
e revolta de alguém
que descobre o que é
O mundo.

Mundinho de Merda!