Os lúcidos seguidores

11 de out de 2012

Os bares lotados



Os bares estão lotados de seres embriagados
As ruas estão vazias de pessoas sãs
Tudo esta sendo controlado, passos marcados
E assim se faz a noite sem o amor, sem a dor
E assim se faz a noite daquele vive a escuridão
Escuridão do ser, escuridão do meu ver
Tudo esta tão lotado, que meu coração até para de bater
Eu sou um sóbrio perdido nas noites
Eu sou um falso bêbado, a beber
A contra mão é uma contradição
Que me faz viver

Nenhum comentário: