Os lúcidos seguidores

16 de jul de 2011

Esperando você


O silêncio, os ruídos da sua imaginação, e a espera incessante por você. Olhando as paredes, ouvindo o gemido da noite aqui sentado na minha cadeira, as mãos já frias e suadas, o coração descontrolado, a ansiedade pela resposta, a boca seca e calada, a vontade de dormir ao qual exorcizo do meu corpo, meus olhos vermelhos e secos, insistem em esperar você, mas meu corpo se finda na maldição do sono.