Os lúcidos seguidores

5 de out de 2011

Um pouco de mim, em poucas palavras




Embriago-me com as palavras, talvez numa tentativa delas me fazerem ver o que não vejo, talvez também de me fazerem ser o que não sou.
Muitas e muitas vezes que li textos e no final meus olhos se encheram de água, quantas vezes pequenas palavras me destruíram, e outras palavras ainda menores me refizeram, já escrevi tanto apesar de jovem, que daria para fazer alguns livros, todas essas palavras me serviram como um exorcismo de tudo que passei, um desabafo poético, sei que nos dias de hoje isso já é um vicio, escrever e escrever, apenas escrever e imaginar...

Um comentário:

Cris disse...

Voce tem razao escrever e uma forma de amadurecer alma ..e sempre aprender com nossas propias palvras...