Os lúcidos seguidores

6 de nov de 2011

A cerveja de um solitário



Tomo uma cerveja
Querendo me embriagar
Sei que hoje não é sexta
Mas eu quero virar
Minha cabeça, só tem dor
Nos goles dessa breja
Tento de todo jeito, de tudo que é jeito
Afogar meus desejos
Desse bêbado fingidor
Bebo minha cerveja
No intuito de esquecer
Que um dia fui um sonhador

Um comentário:

Cris disse...

Muito bom !! rsrs ....parabens ..