Os lúcidos seguidores

13 de nov de 2011

Esfinge


Não adianta querer falar de algo, pois tudo vai chegar a tal ponto, o mesmo assunto de sempre, certas coisas que atingem nossa alma, por mais que tentemos nos livrar, ela nos impregna na mente, no corpo, no ser, e principalmente nas palavras, toda vida que tento pensar, só penso nisso, e quando penso nisso, é algo absoluto, não há como não pensar, em algo que vive tão intimo com a minha mente, quando tem que ser, será.

Nenhum comentário: