Os lúcidos seguidores

22 de mar de 2012

Não mordo



Tem pessoas que fogem da gente, como se agente fosse algum bicho do sertão. Eu não mordo não, não tenho garras, nem bico de gavião, sou apenas um homem que ainda bate um coração. Não sou nenhum tipo de diabo, sou apenas uma criação. Não fuja de mim, sem motivos coerentes, eu juro pelos meus dentes cegos, que não mordo não.

Nenhum comentário: