Os lúcidos seguidores

20 de mar de 2012

A poetiza



Ela foi tudo, amou até a última gota do seu amor, cantou em um tom sutil as canções, em que muitos deliraram de prazer ao ouvir. Foi poetiza no sentido verdadeiro da palavra. Amou as palavras que lhe faziam ser o que era, mulher temperamental e inesquecível. Fez do seu vicio, o seu fim e do seu fim, sua imortalidade.

Nenhum comentário: