Os lúcidos seguidores

5 de abr de 2012

Espírito de menino



Nunca terá juízo ou maturidade
Nesse corpo de menino
Sempre há de brincar e ser feliz
Não saberá que a vida é infelicidade
Pois sua vida é de menino, sem idade
Suas dores são das quedas quando joga bola
Suas lágrimas são de bira
Seus amigos são eternos no seu pensamento
Nunca terá juízo ou maturidade
Nesse corpo de menino que parece homem
Menino é o inverso de homem
Homem é o menino desiludido

Um comentário:

Jéssica do Vale disse...

Há de ter sempre um
menino dentro de cada
homem. Se não o houver,
é porque ainda é menino.