Os lúcidos seguidores

7 de out de 2012

A convivência



            A convivência mata as ilusões, mata os amores eternos, mata tantas coisas, coisas que nem sabíamos que podia morrer. O amor. Os iludidos não gostam do tempo, os realistas o amam. O tempo é o clichê de toda relação, a relação dos homens, a relação de deus, uma relação qualquer. Convivemos com outros e depois de um tempo nos conhecemos de verdade, e a verdade sempre é um calo a nos incomodar e destruir possíveis ilusões. Resista a convivência e ao tempo, apenas.

Nenhum comentário: