Os lúcidos seguidores

12 de mar de 2013

Um pedaço de carne



Se um dia nos amamos
Sei que foi um ilusão carnal
Gozos múltiplos que se confundiram
Com aquilo que chamam de amor
A dor do momento
Da dor se fez o prazer de saber viver
Você é carne, sangue e vinho
Que torna a me ludibriar
Você é um trago maldito
De um sentimento carnal
Você é apenas carne, que me alimenta
E que me sustenta, mas até que o coração banal


Nenhum comentário: