Os lúcidos seguidores

28 de abr de 2011

Dependência física, química e humana



A dependência é algo que sempre vai nos incomodar por toda nossa vida, é um ciclo vicioso ao qual ninguém escapa, desde pequeno desejamos por muitas vezes ser independentes dos pais ou mesmo de outras pessoas, depois que passamos dos 18 anos, e quebramos parte dessa dependência começamos a enxergar outras tantas ao qual entra na nossa vida, algumas momentâneas, outras quase que eternas, umas tanto acabam e outras tanto começam, nunca na sua vida poderá existir um único dia que você poderá dizer que você é totalmente independente, a nossa sociedade foi feita de modo que em qualquer situação, estamos a mercê  de outro, até mesmo esse outro esta mercê de outro ou outros, eu por exemplo dependo intimamente de você, pois sem leitor, não sou nada, e você depende de mim para ler isso, assim por diante.
Existe outras dependências, além da dependência "humana", a química, as drogas, você acaba em um vício pelo prazer que aquilo lhe dar, gerando um dependência forte pela droga, muitas vezes tal dependência chega a ser tão intima, que nos priva de outras dependência ou mesmo de instintos básicos, afinal a dependência química é uma dependência real do corpo, ao contrario da dependência por outra pessoa que é de sobrevivência.
E quando não estamos dependente de ninguém e achamos que enfim estamos livres e totalmente independentes, descobrimos a pior dependência, você depende de si mesmo, e você acaba julgando as leis que vão te guiar e te limitar mesmo que inconsciente.

2 comentários:

Flavi Castelo disse...

Dependência, um tema que me identifico bastante, concordo com vc, sempre seremos dependentes de algo, mas há certos vícios que podemos deixar de lado, eu preciso disso.
E a pior dependência em minha opinião, é a dependência do amor. Esta faz vc esquecer de si mesmo.

Lucas Castelo disse...

O amor é a pior droga...