Os lúcidos seguidores

11 de mai de 2012

1969 um ano que marcou o rock



            No dia 30 de janeiro de 1969 os Beatles parariam por alguns minutos o centro de Londres ao fazer sua última performance ao vivo no teto da gravadora Apple. Depois de trinta minutos, a policia colocou um fim na "festa". Logo depois, a banda retornou ao lendário estúdio londrino Abbey Road para gravar seu último álbum (que chegaria ás lojas no dia 26 de setembro), aquele que é considerado, ao lado de Sgt. Pepper´s Lonely Hearts Club Band , o melhor trabalho do quarteto: Abbey Road.
            Além de ser indiscutivelmente uma obra-prima, Abbey Road serviu também para imortalizar a faixa de pedestres mais famosa do planeta. Na manhã de 8 de agosto, John, Paul, George e Ringo foram fotografados por Iain Macmillan (falecido no dia 8 de maio de 2006 atravessando a tal faixa de pedestres, que fica cerca de cinquenta metros do estúdio) e desde então aquela travessia é feita diariamente por dezenas de fãs de todo o mundo.

          Ainda na Inglaterra, enquanto era lançado no dia 12 de janeiro o disco de estréia do Led Zeppelin, uma banda de Birminghan (ING) mudava seu nome de Earth para Black Sabbath. O King Crimson era formado e seu primeiro álbum, In The Court Of The Crimson King, se tornaria um clássico. O The Who  lançaria o álbum da Opera Rock Tommy enquanto Elton John dava inicio á sua carreira solo com o álbum Empty Sky . Também na Inglaterra surgia o Supertramp.
           E teve o woodstock, realizado entre os dias 15 e 18 de agosto de 1969 na fazenda de 600 acres de Max Yasgur na cidade rural de Bethel, no estado de Nova YorkEstados Unidos. Anunciado como "Uma Exposição Aquariana: 3 Dias de Paz & Música", o festival deveria ocorrer originalmente na pequena cidade de Woodstock, mas os moradores locais não aceitaram, o que levou o evento para a pequena Bethel, a uma hora e meia de distância.

Nenhum comentário: