Os lúcidos seguidores

28 de out de 2012

Catarse de um coração qualquer


               Algumas paredes do seu apartamento eram feitas de poesias, textos, frases e pensamentos que andam na cabeça daquela mulher. Na raiva, no amor, no prazer, na dor e em quase todas as sensações e sentimentos que ela sentia, era um motivo para ela deixar registrado na parede de sua residência. E assim ela vivia cercada dela mesmo em forma de palavras.

2 comentários:

M.M.M. disse...

Gostei do blog, sensível e delicado, parabéns... continue divulgando cultura, a humanidade agradece...
Abraços

M.M.M. disse...

Esqueci de falar das fotos... Gostei muito delas...