Os lúcidos seguidores

9 de jan de 2012

Apenas o que me interessa



Só me diga o que os meus ouvidos querem ouvir
Não me venha com verdades fingidas
Pode até ser mentira, portanto que seja verdade
Cabocla que reina em minha casa
Quando deitar comigo no luar
Antes que jure seu amor por mim
Apenas me diga sem pudor ou falsidade
Diga amor, diga dor, diga o que for
Mas apenas diga colada em minha nuca
Aquilo quero ouvir, sentir, a mais pura realidade
Seja isso o que for, até seu amor

Nenhum comentário: