Os lúcidos seguidores

25 de fev de 2012

Ao falar comigo


Quando falar comigo não use ironias
Palavras assim são fracas demais para tanto
Não tente me persuadir, tentativa em vão
Quando falar comigo apenas desabafe
Mesmo que seja palavras sujas e mal compreendidas
Pelo menos nelas terão a sinceridade
Que não teve naquelas nas quais você decorou
Dizer o que pensa, apenas, dificuldade
Quando for falar comigo, se cale
Ensaiar pensamentos, a falsa verdade

Um comentário:

Sahara Higino disse...

O segredo é o silêncio
contado aos olhos.

Luz!